Visão de Permacultor

Muitas plantas exercem ou executam várias funções, precisamos também identificar estas funções para melhor aproveitar deste potencial que a natureza projetou. A intenção deste texto é trazer algumas dicas de como podemos criar e manter estas parcerias com os mais variados elementos vivos na propriedade. São visões Permaculturais que com certeza irão poder ajudar na execução de várias tarefas cotidianas. A grande descoberta que precisa ser feita é identificar as funções dos elementos, e a partir desta descoberta encontrar uma localização onde possamos utilizar da melhor maneira possível a realização destas tarefas. Todo ser exerce várias funções nos ecossistemas naturais. Faça uma lista de alguns elementos e vá tentando identificar quais as possíveis funções ou serviços que este elemento executa ou poderá executar nos ambiente quer seja natural ou projetado. Descubra uma vida saudável e plena. Descubra o prazer da Permacultura.

quinta-feira, 9 de março de 2017

APRENDA A FAZER UMA HORTA SUSPENA

Com espaços cada vez mais reduzidos nas grandes cidades, a horta suspensa é uma alternativa de paisagismo e de alimentação natural.

O conceito da horta suspensa é totalmente ecológico, pois além de aproveitar pequenos espaços em casas, apartamentos, escritórios e escolas, visa o reaproveitamento de materiais que, se descartados inadequadamente, prejudicam o solo, a água e o ar.
Horta Suspensa
Foto: aprendaavalorizar

Outra dica interessante é que essa forte tendência em paisagismo também proporciona uma alimentação mais saudável, já que hortaliças frescas possuem alto valor nutritivo.

Ter uma horta em casa não é difícil, mas exige um pouco de conhecimento para planejar o local e disciplina na hora de cuidar das plantas, para que elas se desenvolvam bem.

Como muitas pessoas hoje moram em locais com pouco espaço ou sem área verde, a alternativa é cultivar uma horta suspensa, cuja única exigência é um pouco de luz, ventilação e água. Se você tiver espaço para fazer um canteiro no jardim ou quintal será ótimo, mas também é possível cultivar sua horta em vasos e jardineiras, sejam no chão, na parede ou até no teto. Aprenda como fazer uma horta suspensa!

Você vai precisar de:

• Garrafas PET, latas, canecas, escadas de madeira (para hortas nas paredes ou teto);

• Caixotes de madeira, tijolos, vasos, potes (para hortas no chão);

• Arames, barbantes ou fios;

• Ganchos, parafusos ou pregos;

• Terra;

• Mudas e sementes.

Não importa qual recipiente você utilizará para fazer a sua horta suspensa: o importante é que todos eles tenham pequenos furos na parte de baixo para o escoamento da água.

Encha o recipiente com a terra até ao meio, depois coloque as mudas ou sementes escolhidas e complete com a terra, deixando um espaço de um a dois centímetros da borda (no caso das mudas, cubra somente a raiz).

Horta Suspensa
Foto: reciclaearte
Para as hortas que irão ficar apoiadas na parede, você pode utilizar telas de metal para amarrar as garrafas PET uma ao lado da outra ou uma acima da outra – o que nesse caso parece ser mais interessante, pois a água que escoar das mudas de cima podem ser aproveitadas pelas mudas que estão embaixo.

Você também pode utilizar escadas de madeira que não são mais usadas e colocar os potes ou vasos sobre os degraus, apoiando-a na parede. Essa é uma boa opção devido à mobilidade para quem mora em locais onde bate sol o dia inteiro na varanda, por exemplo. Assim é possível deixar as plantinhas expostas apenas o período necessário pra evitar o excesso de sol.

Caso você não tenha espaço no chão ou nas paredes, a opção é fazer três ou quatro furos na borda do recipiente que você estiver usando (garrafa PET, vasinhos, latas), amarrar fios ou arames nos furos e prende-los em ganchos no teto da lavanderia, por exemplo. Você economiza espaço e ainda deixa o ambiente mais alegre.


Se a sua horta suspensa ficar dentro de casa, onde não há local para a água escoar, lembre-se de encher os pratinhos com areia para evitar o acúmulo de água parada.
http://www.pensamentoverde.com.br/author/redacao Conheça o site Pensamento Verde

APLICATIVO AJUDA A CULTIVAR SUA PRÓPRIA HORTA ORGÂNICA

Aplicativo ajuda a cultivar sua própria horta orgânica
Uma das maiores dificuldades hoje encontradas, tem a ver com a qualidade da nossa alimentação. Infelizmente somos constantemente bombardeados por ingredientes, mesmo sendo colhidos pela terra, que fazem mais mal do que bem.
Isso acontece porque a alimentação humana está sendo agredida a cada vez mais! São agrotóxicos e outros aditivos químicos que acabam por serem inseridos, no intuito de fazer o alimento durar mais.
O resultado disso e que a indústria e empresas de alimentos não querem confessar, tem a ver com mais doenças graves, como o câncer por exemplo.
O problema é que toda essa modificação alimentar, traz prejuízos a nossa alimentação. Trazendo sequelas a saúde física. O nosso corpo absorve tudo o que é consumido, por isso é vital ter um cuidado especial.
A associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva a Abrasco, divulgou no Congresso Mundial de Alimentação e Nutrição em Saúde Pública um dossiê sobre o alerta que envolve os impactos dos agrotóxicos na saúde.
Nesse documento são listados mais de 100 tipos de agrotóxicos que podem causar uma série de prejuízos com enfermidades, como:
  • Má formação congênita.
  • Câncer.
  • Alergias respiratórias e cutâneas.
  • Distúrbios da tireoide.
  • Depressão.
  • Aborto.
  • Mal de Parkinson.
  • Diabetes.
  • E etc.
De acordo com os dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), 1/3 dos alimentos que geralmente são consumidos pelos brasileiros no dia a dia, estão contaminados com agrotóxicos. Algum destes como o pimentão, morango, pepino, alface e cenoura lideram nessas especificações.

Cultivar horta orgânica em casa

Cultivar horta orgânica em casa
Mais do que nunca, a prática de cultivar horta orgânica em casa, tem sido uma saída otimizada para quem deseja viver mais e melhor.
E pensando em facilitar a vida de todos os veganos, uma empresa portuguesa lançou um app capaz de ajudar a cultivar horta orgânica em casa.
O nome do app é “Plantit – Horta em Casa”, onde é possível obter várias ajudas para o cultivo de horta caseira. Para ter acesso a esse aplicativo, basta apenas possuir um celular com internet, possuindo sistema Android ou o IOS.
Se você já tentou construir uma horta em casa e por algum motivo, ela não tenha dado certo. Não se preocupe. Esse app ensina a você, como, quando, onde e o que semear, plantar, colher e de que maneira regar, uma diversidade grandiosa de cultivos, especificamente nesse momento 28 variedades.
O app é fácil de usar, e as informações muito simples de serem compreendidas. E mais, não é preciso ter nenhuma experiência com cultivos, pois qualquer agricultor urbano tendo ou não experiência, pode aprender como proceder para ter uma horta em casa.

As explicações do app são muito válidas, porque ele explica de forma objetiva, os principais temas, como:

As explicações do app são muito válidas, porque ele explica de forma objetiva, os principais temas, como:
  • Tipo de solo.
  • Exposição solar adequada.
  • Estação do ano.
  • Em que pratos utilizar cada produto.
  • Truques para preparação de biofertilizantes.
  • Métodos simples para controle de pragas.
Que tipos de cultivos você pode encontrar?
Que tipos de cultivos você pode encontrar?
  • Alho.
  • Alface.
  • Agrião.
  • Berinjela.
  • Beterraba.
  • Brócolis.
  • Cebola.
  • Cenoura.
  • Chicória.
  • Feijão-verde.
  • Espinafre.
  • Couves.
  • Hortelã.
  • Entre muitos outros que valem a pena serem conferidos.
O aplicativo tem atraído muitos veganos e pessoas que desejam otimizar a saúde, por isso os acessos crescem a cada dia mais. A empresa já prevê que no futuro próximo, as informações serão aumentadas para outras funcionalidades e variedades de maneira que o usuário possa ter uma maior interação com o sistema.
O app é ainda uma novidade, e como se trata de uma empresa portuguesa, ainda não se sabe ao certo, se as indicações também serão válidas para o Brasil. De qualquer maneira, é um app interessante e muito válido para conferir, principalmente pelas pessoas que sentem dificuldades para encontrar alimentos mais saudáveis.
Por isso, faça o teste e depois nos conte o que achou mais interessante nele! Combinado?
https://play.google.com/store/apps/details?id=pt.dsp.plantit&hl=pt_BR



quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

HORTA ORGÂNICA EM CASA - Suas Vantagens

Muitas pessoas que têm pouco espaço em casa acham que não é possível cultivar seus próprios alimentos. Mas, paisagistas ensinam que mesmo em pequenos ambientes é possível fazer hortas caseiras. No ano passado, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) mostrou que 28% dos vegetais consumidos no Brasil possuem resíduos de agrotóxicos em níveis inaceitáveis. A alternativa então é cultivar seus próprios orgânicos, mesmo que o espaço seja pequeno.

Em vasos de cerâmica é possível cultivar tomates e morangos, por exemplo. É preciso atentar à escolha das espécies. A recomendação que se faz neste caso é observar as características do local onde a planta ficará. Temperos, por exemplo, não toleram muito vento. Além disso, é preciso ver qual a disponibilidade de horários para cuidar de uma planta, como o período de regá-las e deixá-las expostas ao sol.
Já com vasos mais largos é possível cultivar plantas frutíferas.Outra dica é fazer uma horta em um armarinho velho. Se não tiver, compre um em brechó ou tente pegar caixotes de feira.
A prática de horta em casa é necessária não só para garantir plantas saudáveis, mas também para a sustentabilidade. Cada família pode reciclar seus próprios resíduos. Devido à compostagem, o solo da casa fica rico em nutrientes e elimina a necessidade de fertilizantes e pesticidas, tornando-o ideal para uma pequena horta. Sair no quintal e colher o que vai para a mesa, isso como realidade possível. Começar a cultivar seus alimentos, mudará sua relação com comida.

Há quem cultive pelo prazer do processo, outros pela urgência de prover uma alimentação livre de agrotóxicos para si e para a família. Há quem queira subverter as relações de consumo. Existem pessoas por aí que misturam tudo isso com terra, sementes, água, sol e fazem surgir hortas no quintal de casa, no espaço dedicado ao verde na varanda. Muitos são os exemplos de quem saiu do comodismo, tentou, errou e insistiu até conseguir colher coentro, cebolinha, pimentão, tomate, alface, manjericão. Tudo plantado perto da cozinha, usado no cotidiano e compartilhado com outras pessoas.


Dicas

1. Comece com uma horta pequena.

2. Procure informações e dicas de pessoas que já cultivam, seja pessoalmente, seja por meio de blogs, cursos, vídeos.

3. Saiba que será necessário separar um tempo para cuidar da sua horta.

4. Analise seus profissionais e valorize cada um dentro de suas qualidades e individualidades, buscando sempre orientá-los para melhorar seu desempenho no trabalho, seja ele específico ou geral.

5. Conheça o local em que a horta ficará: como é a insolação, o espaço de organização.

6. Ao conhecer as possibilidades, planeje o que pode ser feito com o espaço, o tempo, as condições disponíveis. Idealizar os resultados pode frustrar o iniciante.

7. Escolher plantas que você goste ajuda a construir e manter o vínculo no início.

8. É possível comprar sementes, sementeiras, recipientes e material necessário para o início do cultivo em lojas de materiais de agricultura.

9. Produzir o próprio adubo por meio da compostagem do lixo orgânico produzido em casa é caminho indicado por quem tem experiência no cultivo.

10. Boas plantas para começar são: coentro, cebolinha, boldo, capim santo, citronela, manjericão, hortelã, erva cidreira, pimentas, tomate cereja, rúcula.

FONTES: Wagner Carvalho (Instituto Ipeas) - Jaqueline Louize (Eco Cheer Vegan) - Alternativas Ambientais